quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Recriação

– Ó Seixas, tu tens a certeza que isto é boa ideia?

– Boa ideia?!

– Sim, tens a certeza que nos safamos com isto?

– Ó Araújo, porra! Isto é garantido, pá!

– Não sei… Acho isto um bocado apertado, demasiado frágil e,

ainda por cima, cheira mal que tresanda.

– Ah… isso! Isso foi ideia do Maia, é das peles!

– Mas o Cavalo de Tróia não tinha peles.

– Sabes lá!

– Não tinha. Eu vi o filme.

– Isto não é um filme.

– Antes fosse. Mas as peles não são curtidas?

– Curtidas?

– Secas e tratadas… Isto parece que está tudo ainda a pingar sangue e vísceras e sei lá o quê…

– É para não arderem.

– Para não arderem?!

– Sim, o gajo diz que viu isso no Canal História. As peles dos animais não ardem…

– Mas porque é que isto devia arder?

– Os gajos podem deitar o fogo a isto.

– Desculpa?!

– Eu não desculpo.

– O quê?!

– Estou a dizer que se deitarem o fogo a isto eu não desculpo.

– Ah… Mas quem é que vai deitar o fogo a isto?!

– Os gajos.

– Quais gajos?

– Os inimigos, pá. Isto não é uma guerra?

– Não.

– Não?

– Não, isto é uma recriação histórica.

– Sim, uma recriação histórica de uma guerra medieval.

– Essa é outra: se isto é uma guerra medieval porque raio vamos nós dentro desta tralha?

– O Maia diz que os gajos usavam tudo. Eram muito manhosos.

– Isto é um carro alegórico, ó Seixas. Desde quando é que os tipos da Idade Média usavam carros alegóricos para atacar os inimigos?

– Só para tua informação, os gajos até usavam granadas.

– Granadas?

– Sim, granadas incendiárias. O Maia diz que viu no Canal História. Os gajos usavam granadas com nafta ou lá o que era e queimavam tudo. Os antigos eram maus como as cobras!

– Ouve lá, achas que o Maia disse isso aos outros?

– O quê? Que eles eram maus?

– Não, isso das granadas com nafta.

– Disse. E até lhes explicou que primeiro têm de mandar umas apagadas para a nafta impregnar e só depois é que mandam uma acesa. Diz que faz um efeito do caraças.

– Impregnar?! Impregnar o quê?

– Eu percebi que eram as peles.

– Estas? As que não ardem?

– Pois. Só que assim já ardem. O gajo farta-se de ver o Canal História, pá. Mais um ano ou dois e isto é uma recriação de alto lá com ela.

– E nós?

– Nós o quê?

– Quando é que saímos?

– Quando nos puserem dentro das muralhas. Já te explicaram isso.

– Quer dizer que ninguém vai usar as granadas?

– Em princípio, não.

– Em princípio?! E no fim?

– Logo se vê. O gajo diz que isto é dinâmico, pá. Há uma certa liberdade para desenvolvermos as personagens, para criarmos e para desenvolvermos os acontecimentos.

– O gajo é doido, ó Seixas… Então, e se se lembram de deitar as granadas, o que é nós fazemos?

– Improvisamos.

– Improvisamos?!

– Sim, entramos mais fundo nas personagens e atuamos em conformidade. Não nos podemos esquecer que somos guerreiros medievais.

– E?

– Temos de ter isso em conta.

– Sim, mas isso quer dizer exatamente o quê?

– O Maia diz que os tipos eram guerreiros ferozes e intrépidos, sem medo de nada, que…

– Que se tivessem de morrer assados dentro de uma balhana qualquer isso para eles era uma alegria.

– Para alguns sim, para outros não.

– Eu sou dos outros, pá. Ficas já a saber que se me cheirar a queimado, nem que seja a uma cabeça de fósforo a arder, vou-me logo embora.

– ´Estás doido!

– ‘Estava era se ficasse cá dentro.

– E os arqueiros?

– Quais arqueiros?

– Os arqueiros inimigos, pá. Se eles te vêm a sair daqui à doida, estás feito.

– Têm setas?

– Se são arqueiros.

– Pois.

– O melhor que temos a fazer é esperar e ter confiança. Vai tudo correr bem. Os gajos põem isto para dentro das muralhas e quando ouvirmos a senha, saímos.

– “É uma hora e está tudo bem!”

– Isso mesmo. É preciso é calma.

 

Original Post by: GARFANHO

5 comentários:

M. disse...

Olha...Já dá para comentar:)

Não o vou fazer!

lol

Miss B disse...

Não o faças M. dá a vez aos outros

Isso Agora disse...

Acho que isto anda a ser atacado...,
será que (estoumos) a ser espiados???

Achas M.?
Achas Miss B?

M. disse...

Acho que és tu que andas a metr água:)



Resposta a tua pergunta: é!

Miss B disse...

Eu acho que a esppiarem ao menos k espiem bem e aprendam algo...se nao estivermos...é pena

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixa aqui o teu contributo