sábado, 18 de dezembro de 2010

DESENCONTRO

Desejo meu que demoras a mostrar-te, que compreenderás a impaciência e observas as múltiplas formas de cortejar, não tenhas dúvidas na intenção, não questiones a própria dúvida e deixa-te atrair pelo simples prazer carnal.

Claro que não é amor ou paixão, mas amando a vida e apaixonando-me pelo teatro sexual das amizades construídas, resigno-me ao comercial e perdura a chama do prazer.

A vida vive-se com pena para quem não vive, mas com paixão para quem soube encontrar a própria vida. Está nas escolhas de cada um procurar, no instinto de conhecer e construir.

(VIA MAIL)

(A todos os que visitaram o blog o meu sincero obrigado, até um dia…)

Meu último post aqui no OS ESTRAGA FODAS

Feliz Natal e Bom Ano!!!

Um comentário:

M. disse...

Filosofia!

Gosto!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixa aqui o teu contributo