quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Romualdo te dá um TOC

Para decepção de muitos e tranquilidade de poucos, não estou a querer enfiar o dedo no cu de ninguém, foda-se…

Estou a falar aqui da sigla que, segundo a Wikipédia, se refere a:

“O chamado Transtorno Obsessivo-Compulsivo ("TOC") (na literatura em inglês Obsessive-Compulsive Disorder– "OCD") é uma doença em que o indivíduo apresenta obsessões e compulsões, ou seja, sofre de ideias e/ou comportamentos que podem parecer absurdos ou ridículos e mesmo transviados para a própria pessoa e para os outros e mesmo assim são incontroláveis, repetitivos e persistentes.”

Este problema é tratado em muitos filmes, como “Melhor Impossível” e o “O Aviador” e é mais frequente do que muitos imaginam. Resumindo, trata –se de umas manias esquisitas e sem sentido que “alguma pessoas, muitas” têm e que não conseguem parar de repetir. E é exatamente este o ponto:

Você tem mania de coçar os colhões, mesmo sem estar com nenhuma DST?

Você leitora de longas madeixas, sai por aí  a cheirar o cabelo mesmo sabendo que acabou de o lavar?

Porque cargas d`água ficar a tirar burriés do nariz quando está no trânsito?

Para quê cheirar os sovacos logo depois de passar desodorante?

E essa mulheres passando batom antes de entrar no carro, durante o percurso, ao sair do carro, e depois mais umas 300.000 vezes durante a noite?

E ficar olhando partes do corpo no espelho? Se acha que ninguém percebe na academia? Fique tranquila, sua peida ainda está lá e recomenda-se…

Para quê abrir o frigorifico se você  não vai buscar nada que tenha lá dentro? Pior ainda se o frigorifico não for o da sua casa…

Custa obedecer à merda da placa que tem escrito “não toque em nada”???

É tão difícil ligar ou desligar o alarme do carro pelas chaves só uma vez?

E postar coisas estúpidas num Blog que só gajos e gajas sem nada para fazer vão ver?

Pior que o de cima é só vocês acessarem um blog desses diariamente…

Queridos leitores e leitoras, acho bom vocês falarem com um psiquiatra para receitar um tarja preta proceis… “Eu falaria…”

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixa aqui o teu contributo