terça-feira, 19 de outubro de 2010

Estrangeiro dentro do Próprio País

Meus amigos em primeiro lugar quero dizer que não sou de forma nenhuma nem racista nem xenofóbo nem nada do gênero. Para mim qualquer um que trabalhe e ganhe a vida honestamente merece respeito.
Mas....e há sem um MAS nestas coisas, hoje aconteceu-me uma coisa que fiquei a pensar. Dirigi-me à loja do cidadão dos Restauradores em Lisboa para tirar um simples registo criminal isto às 8h40 e qual o meu espanto quando a esta hora já tinha 60 pessoas à minha frente. Mas isto para mim ainda nem é o pior. Por curiosidade por não ter mais nada que fazer ali comecei a reparar bem à minha volta. Se eu voz disser que não conseguia ouvir falar português voçes se calhar não acreditam mas é a mais pura das verdades. Brasileiro, criolo, hindu, chinês, russo ou lá o que é e algumas que nem consegui destinguir. Então pus-me a reparar noutra coisa. Que documento de identificação davam no tal guiche. E meus amigos depois de fazer as contas e acreditando que todos os portadores de bilhete de identidade eram portugueses dava uma média de 7,5 portugueses para cada 60 estrangeiros. Isto se pensar-mos que no universo da segurança social é muito muito pior nem quero imaginar. Bem mas isto tudo para dizer que durante aquelas duas ali à espera eu senti-me um estrangeiro dentro do meu proprio país.

Só faltou o pessoal lá começar a olhar e apontar o dedo a dizer "Olha ali um Português"

Bem isto foi só um desabafo nada mais...coubemos todos lá ninguem me fez mal e todos fizemos o que tinhamos a fazer. Não levem a mal.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixa aqui o teu contributo