quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Curso de Fodografia

Profundidade de campo - distância à frente e atrás do plano de focagem em que os objectos ficam razoavelmente focados.

A profundidade de campo é inversamente proporcional em relação à abertura. O «jogo» entre a abertura e a velocidade é importantíssimo para o resultado final da fotografia.

Veja-se este exemplo, em que aparecem focadas a cara de uma menina... e duas montanhas:

gostasdosmeusolhos

Para se obter esta focagem abrangente, a abertura deverá ser mínima, o que pode levar a problemas técnicos desvairados.

A saber: depois do impulso para a frente, a força acção-reacção desenvolvida pela contracção e expansão das soberbas glândulas projectará o indivíduo, em movimento descontrolado, no sentido oposto o que, SE NÃO HOUVER CUIDADOS PRÉVIOS DE FARTA LUBRIFICAÇÂO, poderá ocasionar a síndrome do ângulo recto - figura em que passará a estar o pénis do indivíduo ao falhar, com violência inusitada, a entrada esperada...

É sabido que uma ligeira tendência de esquerda, que se verifica no apêndice masculino, pode levar a impulsão alguns milímetros ao lado - nas bordas, portanto -, o que não augura nada de bom.
São estes alguns dos primores que fazem da arte fodográfica um saber de experiência feito, como diria o Arrebenta Bilhas...

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixa aqui o teu contributo